Skip to content

SC tem prejuízo bilionário na agricultura após chuvas e vai prorrogar dívida de produtores

Estimativa do Estado é de que 50 mil propriedades tenham sido atingidas

Chuvas em regiões como Rio do Sul, no Alto Vale (foto), provocaram prejuízo bilionário à agricultura em SC (Foto: Roberto Zacaria, Secom)

As chuvas de outubro e novembro em Santa Catarina provocaram um prejuízo de R$ 3 bilhões à agricultura catarinense. A estimativa é de que 50 mil propriedades tenham sido atingidas e sofrido perdas. O levantamento foi feito pela Secretaria de Estado da Agricultura e informado pelo secretário da pasta, Valdir Colatto, na manhã desta segunda-feira (27) em entrevista ao Bom Dia Santa Catarina, da NSC TV.

 

O valor total de danos, que era estimado em R$ 2,5 bilhões em SC, foi atualizado na tarde desta segunda-feira para R$ 3 bilhões. Os prejuízos afetaram diferentes cultivos, mas variedades como o trigo, que estava na época da colheita, chegaram a registrar perdas de 50%. Segundo o secretário, o volume que foi colhido ainda não poderá ser usado para panificação, mas apenas para produção de ração. Hortaliças, cebola e arroz, com mais de dois mil hectares destruídos, são outras atividades que sofreram com as chuvas.

 

O secretário de Estado da Agricultura afirmou que a crise no setor ameaça o abastecimento de alimentação nas cidades. Segundo ele, produtos como alface estão sendo importados de outros estados como Rio de Janeiro e São Paulo, em função dos estragos nas plantações catarinenses.

 

A característica da agricultura de SC, formada por 95% de pequenos produtores, aumenta a necessidade de ações de socorro aos produtores atingidos pelas chuvas.

 

— Estamos buscando esses dados para ver quais ações podemos tomar daqui para a frente para manter esse agricultor no campo. Porque a dificuldade é manter no campo o agricultor, o sucessor, que hoje não chega a 5%, e também [superar] a dificuldade que se tem para obter mão de obra. A agricultura vive um problema de mão de obra porque a atividade é muito difícil e você não encontra quem queira trabalhar no campo — afirmou Colatto, na entrevista à NSC TV.

Estado anuncia prorrogação de dívidas

 

Os prejuízos na agricultura de SC levam o Estado a anunciar algumas ações de ajuda aos produtores. O secretário de Estado da

 

Agricultura informou que uma das medidas é a prorrogação da dívida de agricultores. Segundo ele, o governo também propõe o subsídio de juros dos empréstimos contraídos para custear as produções.

 

— Àqueles que têm que replantar, estamos levando sementes novamente, de milho, arroz e outras atividades, para que eles possam, neste momento, retornar a atividade normal — conta Colatto.

 

O secretário cobra apoio também do governo federal ao dizer que até o momento não teria ocorrido “qualquer sinalização do governo federal para ajudar neste processo”. A reportagem tentou contato com o Ministério da Agricultura, mas não obteve retorno até a publicação desta reportagem. Caso ocorra, a publicação será atualizada.

Recuperação de estradas do interior

 

Outro diagnóstico feito pelo Estado é a necessidade de recursos para as chamadas estradas vicinais, que não possuem pavimentação asfáltica e servem de acesso às propriedades rurais.
Segundo o secretário estadual da área, uma demanda importante dos produtores é um programa estadual e federal com recursos para ajudar os prefeitos a recuperarem também essas estradas, por onde passam animais e alimentos.

 

Fonte: NSC

Compartilhe essa notícia

Navegue pelos posts!

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mensagem do dia

Ouça e faça o Download da nossa mensagem do dia!

Previsão do Tempo

Xaxim - SC, BR
20/02/24
24°C
nublado
Facebook
Instagram
WhatsApp Promoções
WhatsApp Pedidos de Músicas
Baixe nosso App