Skip to content

Dia Livre de Impostos será no dia 2 de junho

O Dia livre de Impostos, projeto executado pela Câmara de Dirigentes Lojistas de Chapecó e Câmara de Dirigentes Lojistas Jovens do município, está programado para o dia 2 de junho. O objetivo é manifestar a insatisfação sobre a alta carga tributária aplicada no País e o destino destes impostos. Neste ano a ação também possui um novo site nacional (www.dialivredeimpostos.com.br) que possibilita à empresa participante fazer cadastro e divulgar os seus produtos/serviços em todo o País. As inscrições vão até a próxima terça-feira (31) e podem ser feitas pelo telefone (49) 3319-4300.

 

O presidente da CDL Jovem Chapecó, Fernando Alano, explica que além de conscientizar, o movimento gera um aquecimento significativo no comércio da cidade e região, promovendo aumento expressivo nas vendas nesta data. “É uma oportunidade, também, para os lojistas aumentarem seus faturamentos e para a população usufruir de diversos produtos e serviços com descontos correspondentes aos percentuais dos impostos”, destaca.

 

O Dia Livre de Impostos é aberto para participação de todas as empresas associadas à CDL do município. Haverá todo apoio de marketing para a empresa participante, com material de divulgação padrão elaborado a nível nacional. O projeto conta uma agência de publicidade que apoia o evento e fará ampla divulgação das ações e das empresas participantes nas redes sociais.

 

“Contamos com a participação de todas as empresas associadas da CDL Chapecó para que possamos realizar um grande Dia Livre de Impostos e, assim, tomar iniciativa em relação a insatisfação dos empresários e consumidores sobre a pesada tributação incidente em nosso País”, conclui Fernando.

 

O Brasil ocupa a segunda posição do ranking de países que mais tributam as empresas, atrás apenas de Malta, de acordo com estudo da plataforma CupomVálido, com base em dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

 

ENTENDA A SITUAÇÃO DOS TRIBUTOS NO PAÍS

Em segunda posição do ranking de países que mais tributam as empresas, o Brasil fica atrás somente de Malta, conforme estudo da plataforma Cupom Válido, com base em dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

 

O levantamento, divulgado no mês de abril, demonstra que as empresas do Brasil pagam, em média, uma alíquota de imposto de 34%, representando 70% a mais que a média mundial. O cálculo considera a cobrança de dois impostos sobre as empresas brasileiras: o Imposto de Renda de Pessoa Jurídica (25%) e a Contribuição Social sobre o Lucro Líquido (9%).

 

A taxa média de tributação dos empreendimentos entre os 111 países pesquisados é de 20% e apenas 18 países cobram alíquota acima de 30%. Para se ter uma ideia, as taxas brasileiras são maiores do que as cobradas em países desenvolvidos, como Reino Unido (19%), Canadá (27%), Japão (30%), entre outros.

 

Fonte: MB Comunicação

Compartilhe essa notícia

Navegue pelos posts!

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mensagem do dia

Ouça e faça o Download da nossa mensagem do dia!

Previsão do Tempo

Xaxim - SC, BR
08/02/23
32°C
céu limpo
Facebook
Instagram
WhatsApp Promoções
WhatsApp Pedidos de Músicas
Baixe nosso App

Ouça ao vivo