Skip to content

Guedes reforça aumento do salário mínimo e das aposentadorias acima da inflação

O ministro da Economia, Paulo Guedes, criticou nesta quarta-feira (26) as fake news atribuídas a ele e garantiu que o salário mínimo a os benefícios pagos a aposentados e pensionistas serão reajustados acima da inflação a partir de 2023. “Se nós demos aumentos para salário mínimo, para aposentadorias e benefícios durante a tragédia e a guerra, agora que a pandemia foi embora nós vamos dar um aumento acima da inflação”, afirmou durante apresentação na FIEMG (Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais).

Guedes reforça aumento do salário mínimo e das aposentadorias acima da inflação | Foto: Edu Andrade / Ministério da Economia / Divulgação

 

Guedes classificou as afirmações contrárias à proposta de reajuste como fake news e pediu para que a população não acredite nas mentiras. Para o ministro, o plano econômico defendido por ele é conhecido por todos. “O que nós estamos fazendo é o que vamos continuar fazendo”, garantiu.

 

“As pessoas que não se contentam só em roubar materialmente começam a roubar o espírito e a tranquilidade do cidadão e da família. Não tem nenhum Plano Guedes, não tem nenhum plano secreto”, esbravejou o ministro.

 

Ele também criticou as declarações de que haverá um aumento de impostos em um eventual segundo mandato do presidente Jair Bolsonaro, que concorre à eleição presidencial. “Estamos reduzindo os impostos e vamos elevar a faixa de isenção, exatamente para os mais vulneráveis não pagarem mais”, disse ao citar Tiradentes como o primeiro a se rebelar contra a alta dos impostos.

 

O ministro também defendeu o governo como o mais responsável pela liberdade do povo e das empresas. “Nós representamos essa filosofia de liberdade de opinião, liberdade de imprensa, liberdade econômica e liberdade religiosa. É a terra da liberdade”, pontuou.

 

Inflação e crescimento

Guedes também comemorou a situação atual do Brasil e ressaltou que a economia nacional atravessa uma retomada pós-pandemia de maneira mais saudável do que a maioria dos países desenvolvidos. “Nós estamos crescendo mais do que as sete maiores economias do mundo, incluindo a China. Apenas três países têm a inflação menor do que a nossa: Japão, China e Arábia Saudita”, disse o ministro.

 

Fonte: Correio do Povo

Compartilhe essa notícia

Navegue pelos posts!

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mensagem do dia

Ouça e faça o Download da nossa mensagem do dia!

Previsão do Tempo

Xaxim - SC, BR
04/02/23
23°C
nublado
Facebook
Instagram
WhatsApp Promoções
WhatsApp Pedidos de Músicas
Baixe nosso App

Ouça ao vivo