Skip to content

Líder em exportação: SC ultrapassa marca de R$ 900 milhões em vendas de móveis de madeira

A indústria catarinense alcançou a marca de US$ 166,3 milhões (o equivalente a mais de R$ 904 milhões) em vendas de móveis de madeira para o exterior, se tornando líder nacional na exportação no primeiro semestre de 2022. A alta de 4,8% vai na contramão da média nacional, que apresentou queda de 4% no mesmo período.

 

O Rio Grande do Sul (2°) e Paraná (3°) também apresentaram retração nas vendas para o exterior, 12,1% e 19,5%, respectivamente. A análise é do Observatório FIESC (Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina).

 

O presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, ressalta o traço competitivo do Estado em relação à indústria moveleira, e acrescenta que o setor possui grandes oportunidades de avanço, tanto no mercado interno, quanto em âmbito internacional.

 

“Santa Catarina tem a tradição de uma indústria moveleira competitiva, com clientes importantes no exterior. O resultado no primeiro semestre deste ano consolida essa posição e reforça a qualidade dos nossos produtos”, diz.

 

Entre os principais destinos das exportações de móveis catarinenses, estão os Estados Unidos, com a porcentagem de participação exorbitante de 58,2%. Na sequência, estão o Reino Unido (9,3%) e a França (5,7%). O produto catarinense em destaque de vendas, são móveis de madeira utilizados no quarto de dormir.

 

Segundo Arnaldo Huebl, vice-presidente da Fiesc para a região do Planalto Norte e presidente da Câmara de Desenvolvimento da Indústria do Mobiliário, o resultado do primeiro semestre do ano é consequência de pedidos firmados ainda em 2021.

“Na indústria moveleira, os pedidos são feitos com o prazo médio de seis meses. Havia muitas encomendas, principalmente das grandes redes varejistas dos Estados Unidos, embarcadas agora no início deste ano”, afirma.

 

Aumento na geração de empregos

Conforme dados do IBGE analisados pelo Observatório FIESC, o ritmo de crescimento na produção industrial catarinense de Produtos de madeira, reflete também na geração de novos empregos formais.

 

De janeiro a maio, o setor de Madeira e Móveis gerou cerca de 2.801 novas vagas, conforme dados do Novo Caged. Na indústria catarinense o setor foi o terceiro que mais abriu novos postos de trabalho no período, segundo o Observatório Fiesc.

 

Fonte: ND+

Compartilhe essa notícia

Navegue pelos posts!

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mensagem do dia

Ouça e faça o Download da nossa mensagem do dia!

Previsão do Tempo

Xaxim - SC, BR
04/02/23
17°C
nublado
Facebook
Instagram
WhatsApp Promoções
WhatsApp Pedidos de Músicas
Baixe nosso App

Ouça ao vivo