Skip to content

7 em cada 10 transações bancárias no país são feitas por canais digitais, mostra Febraban

As operações financeiras realizadas por canais digitais no Brasil são cada vez mais comuns. Uma pesquisa realizada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) mostra que sete em cada dez operações bancárias feitas no país em 2021, de um total de 119,5 bilhões de transações, foram realizadas pela internet e pelo celular.

 

Os números fazem parte do terceiro volume da Pesquisa Febraban de Tecnologia Bancária 2022, divulgada nesta quinta-feira (21).

 

Segundo o estudo, o resultado foi impulsionado pelo crescimento de 28% nas operações com smartphones, que totalizaram 67,1 bilhões e representam 56% do total. Já as transações por internet banking aumentaram 6%.

 

A movimentação financeira pelo celular teve crescimento de 75% no ano passado, passando de 9,3 bilhões de transações para 16,3 bilhões de operações. A pesquisa também revela que as transações relacionadas a pagamentos cresceram 72% no mobile banking.

 

A federação também constatou um aumento no uso dos aplicativos bancários por parte dos clientes. O usuário de aplicativo acessa o seu banco, em média, 40 vezes por mês, praticamente o dobro das 24 vezes registradas do ano anterior.

 

Já a média de logins por cliente heavy user (usuário pesado) no aplicativo no celular (aquele que realizou mais de 80% das suas transações financeiras e não financeiras neste canal em um período de 3 meses) chegou a 59 vezes por mês no ano passado ante 57 em 2020.

 

Para Isaac Sidney, presidente da Febraban, a pesquisa reflete o novo perfil dos clientes que busca conveniência, comodidade, segurança e rapidez nos canais digitais dos bancos.

 

“Houve uma inequívoca mudança de comportamento dos consumidores nas atividades de diversos setores da economia, que deixam de ir à agência bancária, porque conseguem realizar a quase totalidade das transações nos meios eletrônicos”, diz.

 

Pix

A pesquisa traz ainda dados sobre o uso do Pix pelos brasileiros. De acordo com a Febraban, no período entre março de 2021 e março de 2022, o número de usuários que pagaram mais de 30 Pixs por mês cresceu 809%, enquanto a base geral de usuários cadastrados cresceu 72%. Já a base de usuários que receberam mais de 30 Pix por mês avançou 464%.

 

O levantamento detectou que o ritmo de expansão de recebimento de mais de 30 Pix por mês em pessoas físicas é maior do que em pessoas jurídicas, o que sinaliza a oportunidade de expansão da ferramenta de pagamentos instantâneos em comércios e serviços.

 

Seguros

Os dados mostram ainda que 57,5 milhões de seguros foram contratados na rede bancária em 2021, sendo 80% deles nos canais físicos (agências e postos de atendimento bancários), seguido por mobile banking, com 9%. Os seguros mais renovados são os de automóveis, vida e cartões.

 

A pesquisa constatou que os bancos estão apostando em inovação e personalização para a transição para o Open Insurance (expansão do sistema aberto para mercado de seguros): 54% dos respondentes disseram que focam na inovação de produtos e cobertura de novos riscos; 54% trabalham na personalização de canais e produtos; 46% utilizam mais analytics na tomada de decisões.

 

A Febraban informou que, para essa etapa da pesquisa, a coleta de dados foi realizada por meio de formulário eletrônico entre abril e junho deste ano. Vinte e dois bancos responderam o formulário, o que representa 87% dos ativos da indústria bancária no país.

 

Fonte: CNN

Compartilhe essa notícia

Navegue pelos posts!

No comment yet, add your voice below!


Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Mensagem do dia

Ouça e faça o Download da nossa mensagem do dia!

Previsão do Tempo

Xaxim - SC, BR
28/01/23
31°C
céu limpo
Facebook
Instagram
WhatsApp Promoções
WhatsApp Pedidos de Músicas
Baixe nosso App

Ouça ao vivo